Página Inicial Página Inicial Contato Blog Interdidática Twitter Interdidática
 
Informações Gerais
Localização
Mensagem Organizadora
Viagem e Hospedagem
 
Exposição/Merchandising
 
Programação
Palestrantes
Regulamento
 
Notícias
Banco de Imagens
 
 
 
 
 
 
 

Siade avalia escolas do Distrito Federal

Começaram em 7 de outubro último as provas do Sistema de Avaliação do Desempenho das Instituições Educacionais do Sistema de Ensino do Distrito Federal (SIADE), que vão medir o desempenho escolar de alunos da rede pública da capital. Os resultados vão ser apresentados em março de 2010 e servirão, além de fazer um diagnóstico do sistema de ensino do DF, para fundamentar o pagamento do bônus, batizado de 14º salário, aos professores da rede.

A avaliação deste ano traz uma ação diferente. Depois das suspeitas de que algumas escolas teriam colocado apenas seus melhores alunos para fazer a prova do ano passado, de forma que tivessem o melhor desempenho na avaliação, este ano haverá a exigência de que pelo menos 60% dos estudantes de cada um dos colégios sejam avaliados. E se, com isso, o desempenho final da escola seja abaixo do registrado na avaliação de 2008, ela perderá o direito ao bônus. “Nossa expectativa, no entanto, é que todas as escolas tenham um desempenho melhor este ano”, diz o secretário de Educação, José Luiz Valente.
Depois de divulgados, os resultados da avaliação ficarão disponíveis na Internet para que qualquer pessoa - pai, aluno ou mesmo professor - possa conhecer o desempenho de cada uma das escolas da rede pública este ano. Seja em comparação com as demais unidades da rede, seja comparada a ela mesma.

Nesta edição do SIADE, participam mais de 170 mil estudantes de 554 escolas públicas. Farão companhia a eles ainda alunos de 28 escolas particulares que terão de ser recredenciadas na Secretaria no próximo ano.

 
Copyright © 2014 - CONLIDE - Convenção de Líderes Educacionais - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
impresso ou eletrônico, sem a autorização escrita da Interdidática - Tecnologia da Educação.